Veganismo e Feminismo

Tu te considera feminista? E já considerou o veganismo? Incrivelmente, existem paralelos entre a exploração animal e opressões sofridas historicamente pelas mulheres.

A vulnerabilidade dos animais é usada como justificativa para as violências cometidas contra eles. Isso acontece porque não podem lutar, resistir, consentir, nem manifestar oposição às agressões a que são submetidos.

Por isso, assim como a imagem do corpo feminino muitas vezes é objetificada, os animais também são objetificados e têm seus corpos violentados.

A objetificação do corpo feminino se traduz em atos de violência, porque a sociedade patriarcal vê a mulher como objeto de prazer masculino, e, segundo uma lógica semelhante, trata animais não humanos como objetos a serem usados para alimentação, pesquisa, cosméticos, vestuário ou lazer (zoológicos, aquários, rodeios).

Ao considerarem os animais “objetos”, essas práticas são socialmente percebidas como “normais”, sem necessariamente serem associadas à crueldade que de fato perpetuam.

Segundo o FBI, o abuso de animais é um indicador de futuros comportamentos violentos. Ou seja: se uma pessoa é violenta contra animais, é mais propensa a também cometer atos violentos contra outras pessoas.

Dados como esses permitem pensar em como a opressão das mulheres e a exploração de animais são formas de violência baseadas na mesma ideologia que sustenta o pensamento patriarcal, que faz questão de oprimir e calar todos aqueles que considera “minorias”.

Quando pensamos em uma sociedade mais igualitária, com justiça social para todas as pessoas, independentemente de suas singularidades (quiçá especialmente por isso), por que não ampliar o olhar, e pensar nas diferentes repercussões do pensamento que predomina nas relações de poder da sociedade progressista em que vivemos?

Assim como o especismo considera as vidas de animais um custo necessário e justificável a interesses de uma classe hegemônica, essa classe considera os pobres, os socialmente oprimidos, as minorias, um “preço” justo a pagar para atingir seus interesses.

O que estamos fazendo através dos nosso hábitos e decisões pra mudar esse cenário? Pros animais, para mulheres, pessoas negras, gays; para a humanidade?



REFERÊNCIAS:
https://blog.veganoshoes.com.br/2018/07/26/veganismo-e-feminismo/
https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2014000100026
https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-026X2019000100212&script=sci_arttext


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s