Por Que Veganos Não Tomam Leite?

Seres humanos não são bezerros. É simples assim.

A gente só precisa – idealmente – beber qualquer tipo de leite de origem animal quando somos bebês, e o animal que deve produzir esse leite pra cada um/a de nós é a nossa mãe.

Assim como mulheres humanas só produzem leite quando estão grávidas ou quando recém tiveram um filho, nas outras espécies de mamíferos não é diferente.

Em questão de saúde, vacas deveriam ter gestações assim como mulheres humanas – apenas algumas na vida. Não deveriam ser inseminadas constantemente para estarem constantemente tendo filhos e, consequentemente, dando leite.

Dar leite é tão natural pra uma vaca quanto pra uma mulher humana. É igualmente desgastante, física e emocionalmente.

Mas, no caso das vacas criadas no sistema industrial pra produzirem leite, tem o agravante dos filhotes serem tirados delas ainda bebês. E essa separação não é nada tranquila. As vacas choram e gritam de dor e sofrimento ao terem seus filhotes roubados.

E para onde eles vão? Se forem fêmeas, terão o mesmo destino de suas mães – virar “máquinas” de produção de leite; se forem machos, são mortos ainda pequenos e vendidos como vitela.

As vacas teriam uma expectativa de vida de aproximadamente 20 anos, mas, devido a essa exploração, acabam vivendo apenas cerca de 5 anos. A morte nem sempre é apenas por exaustão, mas porque elas acabam não conseguindo mais engravidar, e são mortas pelos produtores, que não as veem mais como “produtivas”.

Seu paladar vale esse sofrimento imposto a outros animais sencientes?

Vacas não articulam palavras como seres humanos, mas se comunicam através de posições corporais e expressões faciais. Elas reconhecem mais de 100 membros de seu rebanho e criam vínculos, ficando mais próximas de suas melhores amigas. Vacas reconhecem quem as tenha cuidado, e expressam gratidão e carinho através de contato físico e até lambidas.

Nosso prazer não vale mais do que o direito que cada animal tem de viver. Nosso paladar não justifica explorar e impor sofrimento a animais inocentes, justamente porque são dóceis e não atacam de volta.

Se vai mudar algum hábito ou não, só você pode decidir. Mas ao menos seja coerente e entenda os verdadeiros impactos de cada uma das suas escolhas.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s